sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Vida saudável

Por que a prática de exercícios prolonga a vida?

Quando o assunto é exercício físico a maioria das pessoas imediatamente encontra uma "desculpa" para não fazê-lo. Alguns alegam que não tem tempo para atividades físicas, outros acham que já não têm idade para fazer exercícios, outra desculpa é a falta de companhia, muitos alegam medo de ocorrer lesões ao fazer exercícios e existem aqueles que afirmam não saber exatamente o tipo de atividade mais adequada. O que a maioria das pessoas desconhece é que assim como uma dieta saudável pode beneficiar a nossa saúde, um esquema contínuo de exercícios pode fazer com que as pessoas vivam mais e tenham uma qualidade de vida melhor.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Postura - segunda parte

Postura Correta
Uma boa postura é um ponto comum nas artes marciais e em quase qualquer atividade física ou esportiva que se mencione. A postura correta está ligada ao bom equilíbrio resultante de uma posição sobre os pés bem firmados e à habilidade de relaxar. Os movimentos livres e fluidos começam com uma postura ereta onde não há qualquer sinal de rigidez, estando livre para se mover em qualquer direção como, avançar e girar durante a execução das técnicas. Desta forma deixa-se o corpo com certo grau de tensão muscular que será favorável a reações rápidas e com grande coordenação garantindo ao corpo e aos membros uma posição mecanicamente favorável ao próximo movimento.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Postura - primeira parte

Através de uma boa postura, assim como de uma base apropriada, pode-se obter o equilíbrio necessário para a realização das técnicas de Aikido. Mas o que é que está associado à uma postura correta? Como é que se pode corrigir a postura? O que é enraizamento? Como melhorar o enraizamento?

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Meditação - quinta e última parte

Referências:
[1] Meditação: Conselhos aos Principiantes. Bokar Rinpoche. Brasília: ShiSil, 1997.
[2] O livro tibetano do viver e do morrer. Sogyal Rinpoche. 8ª ed. São Paulo: Palas Athena, 2004.
[3] Meditação. Coleção para saber mais n° 27. Jomar Morais. São Paulo: Abril, 2004.
[4] Curso Básico de Meditação. www.fundasaw.org.br
[5] A arte da meditação: um guia para a meditação. Daniel Goleman. Rio de Janeiro: Sextante, 1999.
[6] Meditação - Semana a Semana. David Fontana. São Paulo: Publifolha, 2004.
[7] Meditação e autoconhecimento. DeRose. São Paulo:
[8] Zen Budismo e Psicanálise D.T.Suzuki. São Paulo: Cultrix, 1960.
[9] http://pt.wikipedia.org/wiki/Meditação; Mente; Pensamento
[10] http://yoga.rajimaa786.com/visualizar.html
[11] http://www.possibilidades.com.br/meditacao/relaxamento.asp

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Meditação - quarta parte

Métodos básicos de meditação
Buddha ensinou 84.000 diferentes maneiras para domar e pacificar as emoções negativas, e no budismo há incontáveis métodos de meditação. A seguir são apresentadas as mais básicas.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Meditação - terceira parte

Os quatro pontos
Existem quatro pontos básicos para iniciar a prática da meditação:

O lugar para meditar;
A postura ou posição confortável;
O objeto de concentração;
A atitude passiva.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Meditação - segunda parte

Benefícios
A meditação proporciona ao corpo um repouso profundo, enquanto a mente se mantém alerta. Isto faz baixar a pressão sanguínea e diminuir o ritmo do coração, ajudando o corpo a se recuperar das tensões do dia-a-dia. Muitos médicos usam a meditação como parte do tratamento de distúrbios como a hipertensão, dores de cabeça, dores nas costas, problemas de ansiedade, e para controlar ou diminuir dores crônicas.

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Tai-a

(...) O monge zen Takuan (1573-1645), confidente de Yagyū Munenori (1571-1646), mestre de armas da casa de Tokugawa, escreveu num breve tratado, A Verdadeira e Prodigiosa Espada de Tai-a:

A arte da espada consiste em nunca se preocupar com a vitória ou com a derrota , com a força ou com a fraqueza, com o dar um passo à frente ou um passo atrás, com o fato de o inimigo não me ver e de eu não ver o inimigo. Compreendendo o que é fundamental diante da separação do céu e da terra, onde nem mesmo yin e yang podem chegar, alcança-se instantaneamente a proficiência na arte.

Tai-a é uma espada mística que dá vida a todas as coisas, tanto ao próprio ser como ao outro, ao protagonista e ao antagonista, ao amigo e ao inimigo.

O mesmo Yagyū Munenori salienta que a superação do egoísmo através da autodisciplina na arte da espada. Num tratado conhecido como A Transmissão Familiar na Arte de Lutar, ele descreve que o objetivo do treinamento nas artes marciais é superar seis tipos de males: o desejo de vencer, o desejo de confiar na destreza técnica, o desejo de exibir-se, o desejo de abater psicologicamente o adversário, o desejo de permanecer passivo esperando uma abertura e o desejo de livrar-se desses males.

Em última instância, a maestria física, psicológica e espiritual são uma só e mesma coisa. O eu desprovido de egoísmo é aberto, flexível, adaptável, fluido e dinâmico em corpo, mente e espírito. Desprovido de egoísmo, o eu se identifica com todas as coisas e pessoas, vendo-as a partir de uma perspectiva não centrada em si mesmo, mas a partir dos seus respectivos centros. Num círculo de contorno sem limites cada ponto se torna o centro do Universo. A habilidade de ver toda a existência a partir de uma perspectiva não-centrada em si mesmo é central na identidade Shintō com a natureza e também constitui o que o budismo chama sabedoria, que em sua expressão máxima não é outra coisa senão a compaixão.

Este modo de pensar é a essência de todos os caminhos marciais e culturais da tradição japonesa. O Aikidō é uma formulação moderna dessa essência, aperfeiçoada pelo gênio do Mestre Morihei Ueshiba (1883-1969). (...)

(Fonte: Ueshiba, Kisshōmaru. O Espírito do Aikidō. São Paulo: Cultrix; 1984. pg.12-13. Kisshōmaru Ueshiba, O Dōshu do Aikido, terceiro filho de Morihei Ueshiba, o fundador do Aikidō, nasceu em 1921.)

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Meditação - primeira parte

A palavra meditação vem do latim, meditare, que significa voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar à atenção para dentro de si.
A meditação é a percepção direta da mente. Mente é a definição que damos ao estado da nossa consciência ou subconsciência relativo ao conjunto de pensamentos gerados pelo cérebro humano. Mente é o termo mais comumente utilizado para descrever as funções superiores do cérebro humano, particularmente aquelas das quais os seres humanos são conscientes, tais como o pensamento, a razão, a memória, a inteligência e a emoção. O termo também descreve a personalidade.

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Kokiū

“(...) Nesse particular chamamos a atenção para a tradução da palavra japonesa kokiū, breath (respiração), na tradução inglesa de Taitetsu Unno. Na verdade, kokiū, é o resultado da alternância entre Ying e o Yang de todas as partes do ser humano e do Universo, e não apenas a respiração do ar através dos pulmões. A falta de uma palavra adequada para traduzir esse vocábulo confundiu, e ainda confunde, muitos praticantes do Aikidō, motivo pelo qual decidimos traduzi-lo por pulsação.
O objetivo principal do Aikidō seria a harmonização entre a pulsação universal e a pulsação individual, que deveriam entrar em ressonância e pulsar na mesma nota, sugerindo então o nen, a intenção do homem com o Universo. Nessa etapa, surgiria o Takemussu Aiki, o estágio máximo do Aikidō, no qual o ser humano, livre das impurezas (sumi-kiri), resgataria sua divindade. Consequentemente, nesse estado, ele passaria a criar técnicas marciais perfeitas e passaria a sentir que ele não só faz parte do Universo, mas que é o próprio Universo pulsante, tornando o seu Aikidō uma arte invencível, uma arte dos deuses pois, quem atacasse o aikisoísta desse grau, estaria atacando o próprio Universo.”

(Fonte: Ueshiba, Kisshōmaru. O Espírito do Aikidō. São Paulo: Cultrix; 1984. pg.9-10. Kisshōmaru Ueshiba, O Dōshu do Aikido, terceiro filho de Morihei Ueshiba, o fundador do Aikidō, nasceu em 1921.)

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

45 dicas para viver mais e melhor

Especialistas de diversas áreas da medicina ensinam pequenos truques para quem busca a longevidade
"Faça isso, não faça aquilo", "Coma isso, não coma aquilo”. Não há quem suporte uma rotina com tantas preocupações e proibições. Mas, diariamente, somos alarmados por esse tipo de afirmação, não somente por médicos, mas também de familiares e amigos. Será que vale mesmo a pena seguir a risca todas as recomendações que nos são dadas ou cada um de nós tem uma medida certa para cada tipo de ação? Quais atitudes são realmente importantes para uma pessoa viver mais e melhor? Nós consultamos 45 especialistas de diversas áreas para esclarecer alguns mitos e saber o que pode trazer longevidade.

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Ásanas - sexta e última parte

Referências:

[1] Daniel Nodari. Vajrásana: Um ásana pelo qual obtemos estabilidade corporal para ficarmos sentados. Bem Estar: Qualidade de vida. Jornal de Coleção. Ano 6. N° 56. Abril 2008. Pág. 8.
[2] Robert C. Sohn. O Tao e o T’ai Chi kung. São Paulo: Pensamento, 1989.
[3] The IAIDO Newsletter" #12 Maio 1991. A Prática de SEIZA.
[4] http://www.isvara.com.br Isvara – Instituto de Yoga.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Ásanas - quinta parte


Paschimottanásana (postura da pinça)

Estender as pernas retas no solo, sem que os calcanhares se toquem. Segurar os dedos dos pés com as mãos. Se possível colocar a testa sobre os joelhos.
Encontrando dificuldade com o alongamento da parte posterior das pernas, inicia-se a postura com os joelhos flexionados e depois, estendendo as pernas devagar e cuidadosamente.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Ásanas - quarta parte

Baddha Konásana (postura da borboleta)

Sentar-se com peito aberto e costas bem esticadas, desde a pelve até pescoço, colocando as solas dos pés unidas. Agarrar os pés com as mãos e puxar os calcanhares tão perto quanto possível do corpo. Pressionar suavemente os joelhos para baixo com os cotovelos. Ao mesmo tempo levar o tronco á frente o mais possível. Não há vantagem em tentar tocar a testa ao chão, pois isso, na melhor das hipóteses, alonga e curva as costas.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Significado de Budo

Conta-se na mitologia japonesa que existe um demônio repressor, chamado Shoki, que age de maneira muito dinâmica, pronto para subverter um oponente. Há também um duende das águas, o Kappa, que assume uma posição natural e descontraída. Assim que surge uma uma oportunidade na defesa do adversário, o Kappa entra em ação. Essa capacidade de assumir as duas posturas, ataque e defesa, de acordo com as circunstâncias pode ser chamada, atualmente, de Budô, filosofia que inspirou todas as artes marciais japonesas atuais, como Aikido, Judo, Karate, Kendo. Formada pelos ideogramas "bu", que significa "guerreiro", e "do", que significa "caminho", essa filosofia tem forte influência do zen - budismo, uma vez que estipula como meta final do ser.

Portanto, pode-se dizer que a prática do Budô vai muito além das lutas no tatami. Ela é a bússola para o caminho espiritual do budoka, praticantes dessa arte. Aos olhos de todas as artes marciais japonesas modernas, o Budô é compreendido como q relação entre a ética e a cultura japonesas. Não desanimar diante das adversidades, mas sim aprender com os desafios,ser disciplinado e respeitar o oponente são alguns dos ensinamentos do Budô.

Os grandes budokas dizem que é com o espírito em harmonia que a pessoa criará uma percepção para agir com energia e coragem a diversas situações que a vida lhe apresentar. "A missão do Budô é fazer com que cada praticante, por meio das boas maneiras, se torne um cidadão melhor para a sociedade", acredita Fuminori Nakiri, 52, presidente do Budo Gakkai, instituição japonesa que pesquisa essa filosofia.

Pensando assim, não só um praticante de artes marciais, como qualquer pessoa pode utilizar os ensinamentos do Budo para controlar suas emoções e impulsos.


segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Ásanas - terceira parte

Halásana (postura do arado)

Halásana ou postura do arado é uma postura de inversão. Deitar-se no solo, de costas, com as pernas estendidas e os braços também estendidos ao lado do corpo, com as palmas das mãos voltadas para baixo. Na inspiração elevar as pernas, e na expiração levá-las além da cabeça, tocando o solo com as pontas dos pés. Depois da fase inicial, tentar deixar os pés o mais longe possível da cabeça, deixando as pernas estendidas, mas não tensionadas. Os braços continuam estendidos no solo com as palmas das mãos voltadas para baixo. Para desfazer, voltar as pernas, desenrolando a coluna bem devagar, até ficar com o corpo todo estendido no solo.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Ser guerreiro

Ser guerreiro é...
Saber que não existem atalhos para o destino. E que em hipótese alguma, haverá vitória sem luta, e não haverá luta sem adversários.
A derrota, para o guerreiro, nada mais é que o adiantamento da inevitável vitória. O guerreiro é, por natureza própria, perseverante. Pensa em desistir, mas não desiste, pensa em fugir, mas não foge, pensa em vingança, mas não vinga. Se sente medo, não o deixa dominá-lo, tampouco deixa invadi-lo, o conhece apenas para evitá-lo.
Assim, através do autodomínio, alcança a plenitude do não-pensamento, onde o Tudo se torna Vazio, e o guerreiro se torna um com esse vazio, restando apenas o infinito amor.
Alcançou seu objetivo, se tornou um com seu caminho. E deste ponto em diante, do alto de seu Satori, sabe que nada é impossível. Não há e nem haverão de existir barreiras insuperáveis, inimigos invencíveis, ou caminhos que não possam ser percorridos. E também sabe que, quando se quer alguma coisa, o universo conspira a seu favor.
Fazendo a vida valer a pena, tentando sempre, desistindo jamais. Tornando o sonho verdade, o erro em acerto, a barreira em passagem, o desespero em solução. Verdadeiro, simples, decidido e objetivo.
Compreende a todos, mesmo sabendo que é incompreendido. Com coragem, através da honra, e pelo amor, sempre!

Daniel Jaoude

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Ásanas - segunda parte


Supta-vajrásana (postura do diamante deitado)

Supta-Vajrásana é a postura do diamante deitado. A partir da posição seiza, inclinar-se para trás apoiando-se nos cotovelos e, com um movimento lento e cuidadoso, deitar-se de costas. Quando a cabeça e a coluna estiverem no solo, estender os braços para trás alongando-os. Relaxar o corpo e respirar profundamente pelas narinas. Para desfazê-la, apoiar-se nos cotovelos novamente. Elevar o corpo com muita calma voltando à posição inicial. Essa postura fortalece a musculatura dos membros inferiores. Produz efeitos profundos na circulação sangüínea e estimula os nervos cutâneos e os vasos capilares das pernas. Beneficiam-se os órgãos da pelve e é recomendada para melhorar o funcionamento do sistema digestivo. Corrige deformações na coluna lombar. Afina e alonga o corpo e as pernas, tornando-as ágeis e flexíveis.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Ásanas - primeira parte


Ásana é uma palavra em sânscrito que significa sentar. Outra descrição pode ser encontrada como, sentar em posição firme e confortável para a meditação visando a busca da compreensão do Eu.
A prática de ásana desenvolve uma musculatura flexível, e ossos e tendões resistentes, bem como o massageamento de órgãos e glândulas, e o equilíbrio das funções de diversas glândulas internas. A tradição indiana também enumera como benefício acalmar a mente para a meditação e equilibrar do fluxo da energia interna.

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Bushido

Bushido significa literalmente "caminho do guerreiro" - era um código de honra não-escrito e um modo de vida para os samurais, que fornecia parâmetros para esse guerreiro viver e morrer com honra. Para essa classe guerreira, seguir o bushido, era dar ênfase à lealdade, fidelidade, auto sacrifício, justiça, modos refinados, humildade, espírito marcial e honra acima de tudo, morrer com dignidade.
Formado e influenciado pelos conceitos do Budismo, Xintoísmo e Confucionismo, o código de honra do guerreiro samurai, conhecido como bushido, surgiu da combinação dessas doutrinas e religiões.
O Budismo se relaciona com o bushido, através do destemor do perigo e da morte. O samurai não temia a morte pois acreditava nos ensinamentos budista, que pregava a vida após a morte. Voltaria no encargo de guerreiro em suas contínuas reencarnações. Os samurais não tinham medo do perigo, as técnicas de meditação do Zen, foram usadas como um meio de limitar esse temor. Com os ensinamentos Zen, os samurais buscavam entrar em harmonia com seu Eu interior e com o mundo a sua volta. O desapego era a base do samurai, com a pratica do desapego, o samurai se tornou a maior casta de guerreiros que já existiu.
Outras influencias no bushido, foram os preceitos do Xintoísmo, como a lealdade, o patriotismo e a reverência aos seus antepassado. Também fornece a importância do patriotismo ao seu país. Eles acreditam que a terra não existe apenas para suprir as necessidades das pessoas. "É a residência sagrada dos deuses, dos espíritos, dos seus antepassados... a terra deve ser cuidada, protegida e alimentada por um patriotismo intenso".
O Confucionismo oferece ao bushido, sua crença em relação aos seres humanos e suas famílias. Confucionismo ressalta o dever filial e as relações entre senhor e servo, pai e filho, marido e mulher, irmão mais velho e mais novo e entre amigos, que são seguidas pelos samurai. Junto com estas virtudes, o bushido também prega a justiça, benevolência, amor, sinceridade, honestidade, e autocontrole. Justiça é um dos principais fatores no código do samurai, assim como o amor e a benevolência que são suntuosas virtudes dos samurais.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

sábado, 10 de setembro de 2011

Objetivos da prática do Budo

Em resumo, deve-se a pratica do budo, a tarefa de contribuir na evolução do homem, ajudando-o a enfrentar e encarar a realidade com energia e coragem. A meta é descobrir o caminho de cada ser humano dentro das suas limitações e possibilidades. O homem, em sua evolução física e espiritual passa pelo estágio primário, secundário, atingindo um nível superior. Esta busca de perfeição deve ser o caminho da vida, que a cada dia se aprimora. Esta escolha do caminho permite ao homem viver, sentir, perceber, aperfeiçoar-se, enriquecendo-se até a morte.

A percepção atua, de acordo com o grau de sensibilidade, por meio dos órgãos dos sentidos, levando a diferentes reações e comportamentos. Além desses valores perceptivos, existe a riqueza espiritual que se manifesta pelo grau de emoções, satisfações e podem conduzir a verdadeira felicidade. Esta energia espiritual pode levar a um magnetismo favorável na personalidade e à formação de um alto grau de cultura do homem. O instrumento para o caminho da vida é a técnica que dá ânimo, motivação e estímulo. Para, utiliza-la, o homem aperfeiçoa sua habilidade e seu talento mantendo um bom controle do físico e da mente. Aqui, talvez esteja o verdadeiro caminho da vida.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Respiração - quarta parte (última)

Com os quatro métodos de respiração apresentados nos três posts anteriores, mais precisamente com o último a respiração completa, pode-se executar alguns exercícios respiratórios, principalmente o da respiração ritmada e da respiração polarizada.

domingo, 28 de agosto de 2011

Respiração - terceira parte

Os quatro métodos de Respiração

A Yoga classifica a respiração dentro de quatro métodos: (1) Respiração alta. (2) Respiração média. (3) Respiração baixa. (4) Respiração completa.

domingo, 21 de agosto de 2011

Respiração - segunda parte

Como corrigir a respiração deficiente

Geralmente nas pessoas sadias, a respiração se faz mais fortemente por uma narina do que por outra, variando o lado de duas em duas horas. Durante duas horas, a narina direita funciona mais fracamente do que a esquerda para, depois de duas horas, mudar e então é a esquerda que mais trabalha. As pessoas que sofrem de nariz entupido de um dos lados gozam menos saúde do que os que respiram normalmente. Por isso deveriam aprender a conservar em bom estado funcionando ambas as narinas.

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Respiração - primeira parte

Um dos pontos fundamentais da Yoga é o de tomar consciência da respiração; da forma como se respira habitualmente e de como se deve respirar. Desta forma pode-se ampliar incrivelmente a capacidade pulmonar conferindo maior resistência, mais consciência corporal e respostas rápidas a todas as exigências físicas; e ainda para melhorar a qualidade de vida, amenizando as tensões provenientes do ritmo alucinante dos grandes centros urbanos.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Para a confraternização

Sábado 09/04/2011

20:30 hrs - Confraternização pós-Exame
Local: Dojo Central (Rua João Guimarães, 171)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Cigarro e atividade física

Conciliar cigarro e atividade física pode aumentar risco, dizem médicos

'Efeito do fumo passa a ser muito mais intenso', afirma médica Elnara Negri

Fazer atividades físicas está longe de ser suficiente para compensar os danos causados pelo tabagismo. E esse fato, atestado por médicos, não pode ser contornado nem por esportistas profissionais.

quarta-feira, 30 de março de 2011

Yudanshakai e Exame de Grau

O Instituto Sul-Brasileiro de Aikido convida
 ___________________

Sábado - 02 de Abril
15:30 hrs - Yudanshakai - Tema Livre
Aberto a partir de 2 Kyu (faixa-azul)
___________________

Sábado - 09 de Abril
09:00 hrs - Yudanshakai
14:30 hrs - Koshukai
16:30 hrs - Exame de Grau
20:30 hrs - Confraternização

Convocados para o exame:
Bruno Kaiser de Oliveira (1°kyu)
Lucas Kaiser de Oliveira (2°kyu)
Wagner Gorski Medeiros (4°kyu)

segunda-feira, 28 de março de 2011

Atividade física e o controle de diabetes

Atividade física é a opção mais saudável para controle de diabetes  

Existem medicamentos que podem ser usados para controlar os níveis de açúcar no sangue, e apesar de eles existirem até mesmo em formas genéricas mais baratas, as pessoas se esquecem que a melhor forma de controlar e prevenir diabetes é manter uma dieta saudável e realizar atividades físicas regularmente.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Matrículas

Caros alunos,
As matrículas para o próximo semestre de Aikido serão no período de 21 a 23 de Março.
As inscrições deverão ser realizadas no prédio 15 sala 112 – EDUCON / telefone 3320-3727 – e-mail: educação.continuada@pucrs.br.
O valor será de R$ 495,00 para o semestre e pode ser parcelado dentro do período de realização do mesmo.

Alunos, diplomados e professores PUCRS, funcionários do TECNOPUC, funcionários da rede Marista de Ensino, e pessoas com idade igual ou superior a 60 anos tem 10% de desconto.
O horário será o mesmo: 9:00 às 12:00 h aos sábados.

quinta-feira, 3 de março de 2011

Aikido


Se alguém deseja praticar Aikido uma boa introdução é um programa transmitido pela TV japonesa no canal NHK, o qual mostra uma visão de alguém que não sabe o que é Aikido e busca conhecê-lo.

Existem mais vídeos dessa série sobre Iaido, Kendo, Sumo, Judo, Kyudo e Kobudo, como podem ser vistos nesse Promo, mas que infelizmente foram retirados do YouTube. Quem sabe daqui algum tempo alguém os poste novamente.

Agora tiraram do ar até o promo.

Palavra chave para pesquisa no YouTube: Samurai spirit.

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Koshukai Início das Atividades 2011

O Instituto Sul Brasileiro de Aikido informa

05/03/2011 - Sábado
09:00 hrs - Koshukai Início das Atividades 2011
15:30 hrs - Yudanshakai: Estudo da Didática de Ensino
_________________________

Nos dias 06, 07 e 08 de março não haverão atividades no Dojo Central. No dia 09 a partir das 18:00 hrs.
_________________________

Agenda de Eventos de 2011 COMPLETA
disponível aqui, ou no endereço abaixo

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Yokota Shihan - 7th Dan Aikikai

Para aqueles que estão de férias, sem treino, ou para quem gosta de assistir a um bom vídeo de aikido, seguem cinco vídeos de Yokota Yoshiaki Shihan 7th Dan da Aikikai.
O primeiro do 48th All Japan Aikido Demonstration, o segundo e terceiro do 10th International Aikido Congress e o quarto de um seminário na Armênia e o último em São Paulo.





quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Aniversário do Aikido no Rio Grande do Sul


O Instituto Sul-Brasileiro de Aikido convida:

Quarta-Feira 23/02/2011

19:00 hrs - Koshukai (aberto a todos) 
20:30 hrs - Aniversário do AIKIDO NO RS
Local: Dojo Central (Rua João Guimarães, 171)

Convidamos todos os alunos e amigos para a Festa de Aniversário do Aikido no RS; ela seguirá os moldes do Bonenkai. Está disponível na secretaria do Dojo Central uma lista com sugestões de Comes. A festa funciona da seguinte forma: cada convidado trará comida suficiente para si, seus acompanhantes e mais uma pessoa (Ex: 03 pessoas, comida para 04 pessoas). Desta forma todos terão comida suficiente, sem desperdícios. 

Importante lembrar que cada um deve trazer pratinhos para servir a comida, bem como talheres se julgarem necessário. De preferência, traga alguma comida leve, não gordurosa. O Dojo se encarregará das bebidas (refrigerantes).

Favor confirmar sua presença. 
Dúvidas pelo telefone (51) 3333-7867 ou por este email

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Exercícios ampliam a imunidade

Atividade física traz benefícios para o corpo, além de promover a sociabilização e combater o estresse

Ninguém discute: atividade física traz benefícios para o corpo, além de promover a sociabilização e combater o estresse. Pesquisa realizada por Reury Frank Bacuraru em 2001, do Laboratório de Metabolismo do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, constatou mais um benefício dos exercícios: a atividade, quando praticada com moderação, contribui para o fortelecimento do sistema imunológico, enquanto o treino intenso e prolongado pode enfraquecê-lo.

Um estudo ainda mais antigo, de 1993, do Departamento Médico da Tufts University School Medicine, Boston, (USA), reforça essa ideia de proteção.

“Quando a atividade física é praticada com moderação, ou seja, ao menos 3 vezes por semana, com duração de 30 a 40 minutos e acompanhada por um profissional, pode fortalecer e melhorar o sistema imunológico, isso porque o esporte contribui para o aumento do número de glóbulos brancos (leucócitos), responsáveis pela defesa do organismo.

Essa prática é fundamental no caso de doenças crônicas como o diabete mellitus, e ainda diminui o risco de outras, como a gripe”, diz dra. Rebeca Boltes Cecatto, fisiatra do Einstein. Isso ocorre porque durante o esporte, o organismo libera substâncias como a endorfina, o cortisol e a insulina, que fazem bem ao sistema imunológico.

Além disso, após a prática do exercício de intensidade moderada, ocorre um aumento no número de células do sistema imune ativas no sangue, conhecidas como células NK (do inglês, natural killers). Elas são responsáveis por destruir vírus e até tumores presentes no organismo.

Outro fator que colabora para a proteção do organismo é o fato de a atividade física promover a diminuição do estresse. Como nosso corpo funciona de maneira harmoniosa, com inter-relação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico, a redução do estresse faz com que o organismo se fortaleça e não fique mais suscetível a diversas doenças.

“A diminuição do estresse está ligada à concentração durante a atividade e da liberação de endorfinas. Nesse caso, proteção não é específica do sistema imunológico e sim do corpo de forma geral”, enfatiza dr. Sérgio Wey, infectologista do Einstein.

É importante deixar claro, entretanto, que não existe um tipo de exercício correto para fortalecer o sistema imunológico. “Tanto exercícios aeróbicos, que incluem caminhadas e ciclismo, quanto anaeróbicos, caso da musculação, podem auxiliar. Mas isso só ocorre quando feitos com regularidade e de maneira moderada”, aconselha dra. Rebeca.

Apesar de todos os benefícios extras da atividade física para o sistema imunológico, se praticada em exagero e de maneira inadequada, pode surtir efeito contrário. Além das lesões musculares e articulares, o exercício em excesso traz sobrecarga cardiorespiratória, alterações hormonais, ansiedade e, principalmente, a depressão imunológica, causando a diminuição e a alteração funcional de algumas células do sistema imune, fazendo com que a pessoa fique mais exposta a doenças.

Essa baixa no sistema imunológico ocorre porque a substância responsável por alimentar os glóbulos brancos, chamada de glutamina e produzida pela musculatura, é consumida em excesso quando a atividade é praticada de maneira exagerada. Por isso, a receita de saúde exige moderação também na prática esportiva.

Autor: Redação
Fonte: Sociedade Beneficente Israelita Brasileira

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Steven Seagal

Engraçado falar de Steven Seagal, eu particularmente não gosto dos filmes dele, mas lendo o Blog da AABB também concordo com o Leonel Sensei. Acho que o Steve Seagal é um dos maiores divulgadores do Aikido.
Seguem então dois vídeos o primeiro já estava postado no Blog da AABB que é o treinamento do Anderson Silva o segundo é do treinamendo do Lyoto Machida. Para quem curte MMA são boas dicas de preparação para um combate.

 Steven Seagal e Anderson Silva
video

Steven Seagal e Lyoto Machida
video

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Exercícios físicos podem melhorar memória de idosos

Volume do hipocampo aumenta entre os que praticam atividade aeróbica
A prática regular de exercícios físicos moderados durante um ano pode aumentar o tamanho do hipocampo cerebral em adultos com mais de 55 anos, proporcionando um aumento da memória espacial, segundo um novo estudo.
O hipocampo é a área do cérebro responsável pela formação de todos os tipos de memória.
O estudo, conduzido por pesquisadores das universidades de Pittsburgh, Illinois, Rice e Ohio State, foi publicado na revista especializada Proceedings of the National Academy of Sciences.
Art Kramer, diretor do Beckman Institute na Universidade de Illinois e principal autor do estudo, comenta a importância do estudo.
- Os resultados de nossa pesquisa são particularmente interessantes por sugerirem que mesmo modestas quantidades de exercício podem fazer com que adultos idosos sedentários registrem melhora substancial da memória e da saúde do cérebro. Estas melhorias têm implicações importantes para a saúde de nossos cidadãos e para o aumento da população idosa em todo o mundo.
Para seu projeto, os cientistas convocaram 120 idosos sedentários sem qualquer sinal de senilidade (demência) e divididos ao acaso em dois grupos. O primeiro começou a praticar um regime de exercícios leves, como caminhar 40 minutos por dia, três vezes por semana. O segundo manteve apenas atividades como alongamento e exercícios de tonificação muscular.
Os resultados mostram que o grupo que praticou a atividade aeróbica registrou um aumento do volume do hipocampo nos dois lados do cérebro (2,12% no esquerdo, 1,97% no direito).
As mesmas regiões do cérebro dos participantes que ficaram no grupo dos exercícios de alongamento sofreram um aumento de 1,4% e 1,43%, respectivamente.
- Estamos acostumados a achar que a atrofia que ocorre no hipocampo no fim da vida é praticamente inevitável. Mas nós mostramos que mesmo exercícios moderados durante um ano podem aumentar o tamanho desta estrutura. O cérebro nesta fase permanece maleável.
Autor: Redação
Fonte: R7

sábado, 22 de janeiro de 2011

Último treino do semestre


Caros alunos nossa última aula do semestre será dia 29/1.
Fiquem atentos para as inscrições para o próximo semestre.

Koshukai, Yudanshakai e entrega de diplomas

No dia 30 de dezembro, ocorreram os últimos keikos do ano no Dojo Central.
Ao final, houve entrega de diplomas realizada por Vargas Sensei para Rogério Jorge de Camargo (1º Dan), Leonel Guterres Radde (3º Dan) e Durval J. De Barba Jr (3º Dan).





Postado por Sensei Leonel Radde