quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Koshukai Início das Atividades 2011

O Instituto Sul Brasileiro de Aikido informa

05/03/2011 - Sábado
09:00 hrs - Koshukai Início das Atividades 2011
15:30 hrs - Yudanshakai: Estudo da Didática de Ensino
_________________________

Nos dias 06, 07 e 08 de março não haverão atividades no Dojo Central. No dia 09 a partir das 18:00 hrs.
_________________________

Agenda de Eventos de 2011 COMPLETA
disponível aqui, ou no endereço abaixo

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Yokota Shihan - 7th Dan Aikikai

Para aqueles que estão de férias, sem treino, ou para quem gosta de assistir a um bom vídeo de aikido, seguem cinco vídeos de Yokota Yoshiaki Shihan 7th Dan da Aikikai.
O primeiro do 48th All Japan Aikido Demonstration, o segundo e terceiro do 10th International Aikido Congress e o quarto de um seminário na Armênia e o último em São Paulo.





quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Aniversário do Aikido no Rio Grande do Sul


O Instituto Sul-Brasileiro de Aikido convida:

Quarta-Feira 23/02/2011

19:00 hrs - Koshukai (aberto a todos) 
20:30 hrs - Aniversário do AIKIDO NO RS
Local: Dojo Central (Rua João Guimarães, 171)

Convidamos todos os alunos e amigos para a Festa de Aniversário do Aikido no RS; ela seguirá os moldes do Bonenkai. Está disponível na secretaria do Dojo Central uma lista com sugestões de Comes. A festa funciona da seguinte forma: cada convidado trará comida suficiente para si, seus acompanhantes e mais uma pessoa (Ex: 03 pessoas, comida para 04 pessoas). Desta forma todos terão comida suficiente, sem desperdícios. 

Importante lembrar que cada um deve trazer pratinhos para servir a comida, bem como talheres se julgarem necessário. De preferência, traga alguma comida leve, não gordurosa. O Dojo se encarregará das bebidas (refrigerantes).

Favor confirmar sua presença. 
Dúvidas pelo telefone (51) 3333-7867 ou por este email

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Exercícios ampliam a imunidade

Atividade física traz benefícios para o corpo, além de promover a sociabilização e combater o estresse

Ninguém discute: atividade física traz benefícios para o corpo, além de promover a sociabilização e combater o estresse. Pesquisa realizada por Reury Frank Bacuraru em 2001, do Laboratório de Metabolismo do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo, constatou mais um benefício dos exercícios: a atividade, quando praticada com moderação, contribui para o fortelecimento do sistema imunológico, enquanto o treino intenso e prolongado pode enfraquecê-lo.

Um estudo ainda mais antigo, de 1993, do Departamento Médico da Tufts University School Medicine, Boston, (USA), reforça essa ideia de proteção.

“Quando a atividade física é praticada com moderação, ou seja, ao menos 3 vezes por semana, com duração de 30 a 40 minutos e acompanhada por um profissional, pode fortalecer e melhorar o sistema imunológico, isso porque o esporte contribui para o aumento do número de glóbulos brancos (leucócitos), responsáveis pela defesa do organismo.

Essa prática é fundamental no caso de doenças crônicas como o diabete mellitus, e ainda diminui o risco de outras, como a gripe”, diz dra. Rebeca Boltes Cecatto, fisiatra do Einstein. Isso ocorre porque durante o esporte, o organismo libera substâncias como a endorfina, o cortisol e a insulina, que fazem bem ao sistema imunológico.

Além disso, após a prática do exercício de intensidade moderada, ocorre um aumento no número de células do sistema imune ativas no sangue, conhecidas como células NK (do inglês, natural killers). Elas são responsáveis por destruir vírus e até tumores presentes no organismo.

Outro fator que colabora para a proteção do organismo é o fato de a atividade física promover a diminuição do estresse. Como nosso corpo funciona de maneira harmoniosa, com inter-relação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico, a redução do estresse faz com que o organismo se fortaleça e não fique mais suscetível a diversas doenças.

“A diminuição do estresse está ligada à concentração durante a atividade e da liberação de endorfinas. Nesse caso, proteção não é específica do sistema imunológico e sim do corpo de forma geral”, enfatiza dr. Sérgio Wey, infectologista do Einstein.

É importante deixar claro, entretanto, que não existe um tipo de exercício correto para fortalecer o sistema imunológico. “Tanto exercícios aeróbicos, que incluem caminhadas e ciclismo, quanto anaeróbicos, caso da musculação, podem auxiliar. Mas isso só ocorre quando feitos com regularidade e de maneira moderada”, aconselha dra. Rebeca.

Apesar de todos os benefícios extras da atividade física para o sistema imunológico, se praticada em exagero e de maneira inadequada, pode surtir efeito contrário. Além das lesões musculares e articulares, o exercício em excesso traz sobrecarga cardiorespiratória, alterações hormonais, ansiedade e, principalmente, a depressão imunológica, causando a diminuição e a alteração funcional de algumas células do sistema imune, fazendo com que a pessoa fique mais exposta a doenças.

Essa baixa no sistema imunológico ocorre porque a substância responsável por alimentar os glóbulos brancos, chamada de glutamina e produzida pela musculatura, é consumida em excesso quando a atividade é praticada de maneira exagerada. Por isso, a receita de saúde exige moderação também na prática esportiva.

Autor: Redação
Fonte: Sociedade Beneficente Israelita Brasileira

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Steven Seagal

Engraçado falar de Steven Seagal, eu particularmente não gosto dos filmes dele, mas lendo o Blog da AABB também concordo com o Leonel Sensei. Acho que o Steve Seagal é um dos maiores divulgadores do Aikido.
Seguem então dois vídeos o primeiro já estava postado no Blog da AABB que é o treinamento do Anderson Silva o segundo é do treinamendo do Lyoto Machida. Para quem curte MMA são boas dicas de preparação para um combate.

 Steven Seagal e Anderson Silva
video

Steven Seagal e Lyoto Machida
video

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Exercícios físicos podem melhorar memória de idosos

Volume do hipocampo aumenta entre os que praticam atividade aeróbica
A prática regular de exercícios físicos moderados durante um ano pode aumentar o tamanho do hipocampo cerebral em adultos com mais de 55 anos, proporcionando um aumento da memória espacial, segundo um novo estudo.
O hipocampo é a área do cérebro responsável pela formação de todos os tipos de memória.
O estudo, conduzido por pesquisadores das universidades de Pittsburgh, Illinois, Rice e Ohio State, foi publicado na revista especializada Proceedings of the National Academy of Sciences.
Art Kramer, diretor do Beckman Institute na Universidade de Illinois e principal autor do estudo, comenta a importância do estudo.
- Os resultados de nossa pesquisa são particularmente interessantes por sugerirem que mesmo modestas quantidades de exercício podem fazer com que adultos idosos sedentários registrem melhora substancial da memória e da saúde do cérebro. Estas melhorias têm implicações importantes para a saúde de nossos cidadãos e para o aumento da população idosa em todo o mundo.
Para seu projeto, os cientistas convocaram 120 idosos sedentários sem qualquer sinal de senilidade (demência) e divididos ao acaso em dois grupos. O primeiro começou a praticar um regime de exercícios leves, como caminhar 40 minutos por dia, três vezes por semana. O segundo manteve apenas atividades como alongamento e exercícios de tonificação muscular.
Os resultados mostram que o grupo que praticou a atividade aeróbica registrou um aumento do volume do hipocampo nos dois lados do cérebro (2,12% no esquerdo, 1,97% no direito).
As mesmas regiões do cérebro dos participantes que ficaram no grupo dos exercícios de alongamento sofreram um aumento de 1,4% e 1,43%, respectivamente.
- Estamos acostumados a achar que a atrofia que ocorre no hipocampo no fim da vida é praticamente inevitável. Mas nós mostramos que mesmo exercícios moderados durante um ano podem aumentar o tamanho desta estrutura. O cérebro nesta fase permanece maleável.
Autor: Redação
Fonte: R7